Ambiente Escandinavo: 10 dicas práticas para usar na sua casa

Ambiente Escandinavo: 10 dicas práticas para usar na sua casa

O Estilo Escandinavo se mantém como tendência nos últimos anos.

Neste post trouxemos 10 dicas para tornar seu ambiente escandinavo.

Boa leitura!

Que tal aprender mais sobre esse estilo e como tornar seu ambiente escandinavo?

O nome pode até não parecer familiar, mas com certeza você já se deparou com ele em páginas de arquitetura ou sites de inspiração.

Para você entender mais sobre esse estilo de decoração, fizemos um texto completinho no blog, que você pode conferir clicando aqui. Mas, para começar, vamos contextualizar rapidamente. Esse estilo surgiu em uma região na Europa em que as regiões são, na maior parte do tempo, frias e escuras e com noites longas, e ele veio justamente para trazer uma sensação de aconchego e tranquilidade. Possuindo uma valorização dos tons claros e da iluminação natural e de objetos mais rústicos e naturais.

Esse estilo vem se mostrando cada vez mais como uma tendência nos últimos anos, e hoje decidimos dar dicas práticas de como compor um ambiente escandinavo e levar a simplicidade ao nível mais alto de sofisticação.

Vale a pena ler até o final!

Dica 1: Use e abuse do branco de ambiente escandinavo

A primeira regra da decoração escandinava. A cor branca traz muita iluminação para o ambiente, por esse motivo ela é a cor predominante neste estilo – uma vez que, na região em que esse estilo surgiu, os dias são mais curtos.

Assim, na hora de montar sua decoração, recomendamos que você tenha o branco como cor principal, podendo também utilizar outros elementos neutros como bege e cinza que também colaboram com a iluminação do ambiente.


Dica 2: Móveis neutros deambiente escandinavo

Da mesma maneira, os móveis e estofados também devem possuir tons neutros, se mantendo na paleta de branco, cinza, bege, preto e marrom. Isso torna o ambiente mais aconchegante.

Dica 3: Decoração clean e sem muita informação

O estilo escandinavo é mais sóbrio, dessa maneira, evite excessos de enfeites e tenha simplicidade como palavra chave.

Na decoração, opte por elementos produzidos em vidro e cerâmica. Caso queira, você pode dar mais vida ao mobiliário utilizando alguns itens coloridos, mas de tons leves, como rosa e azul claro, ou ainda mais frios – você pode adicionar essas tonalidades em travesseiros e edredons, por exemplo.

Outra dica, é se utilizar de quadros nas paredes. As peças podem ser várias e de diferentes tamanhos, o que recomendamos é que elas estejam organizadas e com as cores em sintonia.

As opções são muitas, mas o mais importante é manter a organização e a decoração clean. Por isso, uma quantidade reduzida de itens ajuda o ambiente a se manter em ordem.

Dica 4: Traços mais retos para um ambiente escandinavo

Os móveis em linha reta deixam o ambiente mais acolhedor. Por isso, na decoração escandinava tente incluir traços retos sempre que possível. Nas louças, metais, prateleiras, móveis e até na escada, por exemplo.

Outra dica é evitar excessos, então opte por peças minimalistas.

Dica 5: Utilize materiais mais simples

Como dissemos anteriormente, simplicidade é uma palavra chave do estilo escandinavo. Dessa maneira, materiais mais naturais são muito utilizados.

Opte por materiais simples, mas elegantes. Um exemplo é a madeira (principalmente a madeira clara).

Nos pisos, apesar da madeira ser a opção mais destacada aqui, não tenha medo de usar substitutos, pois existem outras alternativas mais baratas e práticas. O porcelanato com textura de madeira, por exemplo, se tornou uma ótima opção para substituição. Ele proporciona a sofisticação e elegância da madeira em um material mais durável e resistente.

Dica 6: Janelas e iluminação natural de um ambiente escandinavo

A iluminação natural também é um destaque na decoração escandinava, por isso, as janelas são extremamente importantes e utilizadas – muitas vezes elas são o principal destaque do ambiente, inclusive.

Outro ponto importante é que essas janelas estejam livres para entrar a maior quantidade de luz natural possível. Caso deseje utilizar cortinas, prefira as simples – sem estampas e franjas.

Caso não seja possível instalar janelas, utilize iluminação artificial bem estruturada para alcançar o resultado pretendido – aqui recomendamos sempre que se procure auxílio de um profissional especializado.

Dica 7: Mantas e Tapetes

Mais uma vez associada ao clima frio da região que originou o estilo, a próxima dica é a utilização de mantas e tapetes. Esses acessórios começaram a ser usados para trazer calor ao ambiente e, aliados à madeira, tornam o ambiente confortável e acolhedor.

As mantas podem aparecer em cima da cama ou sobre sofás e cadeiras. Elas podem possuir um toque de cor, mas sempre se mantendo mais neutras – novamente sugerimos tons mais claros e frios.

Dica 8: Aposte em materiais naturais para ter um ambiente escandinavo

É importante destacar que os ambientes escandinavos são aconchegantes. Assim, tapetes e almofadas felpudas são muito utilizadas. E essas peças são fabricadas, na sua maioria, em materiais orgânicos e naturais, como linho e algodão. 

Nesse momento, aproveitamos para destacar um ponto interessante: ao chegar ao Brasil, o estilo escandinavo apresentou algumas adaptações devido à cultura e ao clima. Um exemplo é o uso de pele animal que originalmente eram comuns para aquecer em dias mais frios, mas hoje não são muito empregados no Brasil devido ao verão mais intenso.

Dica 9: Utilize plantas

A essa altura, já percebemos que o estilo escandinavo faz muita referência à natureza, então é indispensável a presença de plantas na sua decoração.

Cumprindo objetivos da decoração escandinava, trazer a natureza para dentro de casa traz charme e tranquilidade. E mais: cultivar plantas é algo  saudável, uma vez que elas são capazes de absorver poluição e liberar umidade na sua transpiração, melhorando a qualidade do ar do ambiente.

Além disso, as plantas funcionam como pontos estratégicos coloridos no meio das cores claras, complementando bem a decoração.

Ao escolher suas plantas, lembre-se de pesquisar quais plantas melhor se adaptam ao seu ambiente.

E quanto aos vasos: vasos de cimento e concreto combinam muito bem com o estilo escandinavo.

Dica 10: Revestimentos para ambiente escandinavo

Por fim, uma dica é a utilização de revestimentos mais rústicos, como o cimento queimado ou o tradicional tijolinho, que pode ser pintado de branco ou natural mesmo (marrom).

Conclusão

O estilo escandinavo veio com tudo nos últimos anos, pois inspira versatilidade, permitindo que agrade a diferentes gostos. E agora você sabe mais sobre o tema e o que fazer para transformar seu lar. O que acharam?

Se você gostou dessas dicas, deixe um comentário, e envie esse post pra galera que está reformando a casa e buscando inspirações. Nós ficaremos felizes!

Aaaah, e mais uma coisa que queremos fazer é reconhecer todos os artistas. Então, se alguma dessas imagens é sua, entre em contato com a gente através do direct @livencasa ou por e-mail através de contato@livencasa.com. Procuramos bastante as fontes, mas em muitos casos não achamos 🙁

Veja mais em nosso Blog.

Quer ficar pertinho da gente e ainda saber, em primeira mão, as melhores novidades sobre decoração, arquitetura e reforma, além de receber ofertas exclusivas?
Enviaremos uma surpresa que te fará brilhar os olhos!"
Se inscreva em nossa newsletter!
Assine nossa newsletter :)