Cubas para cozinha: o que considerar antes de escolher

Cubas para cozinha: o que considerar antes de escolher

Saiba tudo sobre cubas para cozinha e entenda como escolher a que melhor se encaixa no seu projeto.

Toda cozinha obrigatoriamente precisa de uma cuba. E embora as cubas para cozinha possam ser comuns, elas não precisam ser. 

Projetos modernos de cubas para cozinha vêm em todos os tipos de formas, tamanhos e materiais para não apenas acomodar suas necessidades diárias e oferecer mais funcionalidade como também ter opções que caibam no seu orçamento.

Sabemos que a cozinha é um ambiente que traz memória afetiva, no qual associamos cheiro, sabores e gostosos momentos. Por mais aconchegante que seja a sua sala, as visitas com certeza sempre passam um bom tempo no coração da casa. 

Por isso, você tem que saber tudo sobre cubas para cozinha e dar o toque de decoração que precisa.

Cubas para cozinha: o que são? 

Fonte: Liven Casa

Se você quer saber tudo sobre cubas para cozinha, precisa ficar muito claro o que ela é. A resposta pode parecer bem óbvia, mas muita gente confunde cuba com pia. As pias são peças inteiras, ou seja, é como se fossem a união de cuba e bancada.

Então, para resumir, as cubas são aquelas “caixas” abaixo da torneira, por onde escorre a água, e precisam ser acopladas às bancadas. Logo, elas podem trazer mais versatilidade e permite mais criatividade ao combinar peças em relação a toda decoração da cozinha.

Quais são as principais características de uma cuba? 

Antes de sair comprando, é importante saber tudo sobre cubas para cozinha, pois depois de tudo pronto, fazer mudanças podem te dar muito trabalho e gerar mais gastos.

Para começar, entenda onde ela estará posicionada, de modo a facilitar a mobilidade na cozinha. E entenda também de que forma ela estará conectada a bancada.

A escolha do tamanho é fundamental e deve estar em harmonia tanto com o tamanho da cozinha e bancada, quanto com a sua necessidade.

Por exemplo: se você dispõe de muito espaço e pode escolher uma cuba grande, pode ser muito prático escolher modelos com compartimentos, como cubas duplas ou triplas, permitindo você realizar duas ou três atividades ao mesmo tempo.

Para a escolha do material, além de considerar qual irá se adequar melhor ao seu orçamento e qual estéticamente te agrada mais, saiba que a escolha implica na resistência que esse elemento oferece. 

O bom de saber tudo sobre cubas para cozinha é que você pode deixar sua cozinha totalmente planejada, assim como os móveis. A escolha certa pode fazer você ganhar mais espaço, praticidade e modernidade.

A inclusão de acessórios como dosador, tábua para corte de alimentos, calha úmida, e triturador podem elevar o patamar do seu projeto, tornando-a mais sofisticada e funcional.

Quais são os modelos de cubas para cozinha existentes? 

Quando você se dedica em aprender tudo sobre cubas para cozinha, você entende que esse elemento pode agregar e direcionar o seu ambiente para um estilo mais tradicional, sofisticado ou moderno. Isso se deve muito ao modelo escolhido para compor a bancada.

Cuba de sobrepor ou cuba com coletor de montagem superior

Fonte: Tramontina

A instalação desse modelo, como o nome já dá a entender, tem conexão com a bancada sobrepondo a ela. Por isso, também as chamamos de cuba de sobrepor e provavelmente você conhece por este nome.

Esse modelo vem ganhando força e se tornando cada vez mais comum. Isso se deve porque além da estética sofisticada, tem a vantagem de normalmente serem mais completas do que as de embutir.

Nesse modelo, você costuma encontrar muitos acessórios para diversas finalidades. Quem não abre mão de uma cuba grande e espaçosa, mas tem receio de perder um espaço significativo, pode optar por esse modelo.

Tenha em mente também que acessórios como escorredor, cesto aramado e tábua para corte ou manipulação de alimentos vão tornar a sua cozinha mais funcional. Ao invés de você perder espaço por escolher uma cuba grande, vai acabar expandindo a área da sua bancada.

Assim como qualquer modelo escolhido, este também precisa ser muito bem instalado, caso contrário, haverá o acúmulo de água e resíduos entre a cuba e a bancada.

Tenha em mente que pela instalação ser sobreposta, ou seja, a bancada estar em um nível inferior a borda da cuba, a água da bancada não poderá ser escoada para a cuba. Para isso, você precisará secar com auxílio de um paninho.

Cuba Embutida 

Fonte: Tramontina

De todas as cubas para cozinha, esta é a mais usada. A tradicional escolha desse modelo se deve por atender muito bem a função pela qual é destinada e ter um preço mais acessível.

Devido ao tipo de instalação, esse modelo é mais discreto, não se destacando tanto da bancada. Sem dúvidas, a cuba para cozinha para embutir é mais prática de higienizar a bancada, pois água, sabão ou outro produto de limpeza pode ser facilmente escoada pelo ralo da cuba.

No entanto, em vez do tradicional formato retangular com as quinas arredondadas, você pode optar por modelos que apresentam quinas retas, trazendo um ar mais sofisticado e moderno para o ambiente.

Cubas para cozinha: Flush 

Este modelo é o mais inovador, pois traz as melhores características da cuba para cozinha de sobrepor e embutir. Esse não fica nem acima e nem abaixo da bancada, fica nivelado à ela.

Isso se deve graças a perfis de alumínios fixados no recorte da bancada onde é encaixado. Com isso, esse modelo traz consigo as vantagens da utilização de acessórios, tornando a sua área de trabalho mais funcional e ampla, sem perder a facilidade de uma higienização mais prática.

Cuba Gourmet 

Essa cuba tem como característica apresentar mais profundidade e com isso mais capacidade interna.

Esse modelo moderno faz com que você consiga manter as louças dentro da cuba sem desorganizar a sua bancada e a profundidade faz com que a louça para lavar não chame a atenção, evitando um aspecto sujo e mal arrumado para a cozinha.

A utilização de acessórios em Cuba gourmet também a tornam mais funcional e prática.

Cubas para Cozinha Duplas

Fonte: Tramontina

Para quem tem uma bancada ampla e pode optar por uma cuba maior, a escolha da cuba dupla para cozinha pode ser ideal.

A divisão desse elemento favorece a organização e separação da louça no momento da lavagem. Pode-se lavar a louça e os alimentos juntos, mas sem que tenham contato. 

Com esse modelo ainda tem a possibilidade de dividir as tarefas com outra pessoa. Enquanto um ensaboa, o outro lava, ou enquanto um lava, o outro corta legumes no espaço com a tábua de cortes no espaço vago da cuba.

Cubas para Cozinha Triplas

Nem sempre três é demais. Com este artigo você vai perceber que existe um leque de possibilidades e ver que nem sempre o tradicional e o mais comprado pelas pessoas, também nos atende.

Esse modelo, assim como a cuba dupla para cozinha, exige uma dimensão maior. Normalmente é formado por dois espaços maiores e um menor. Isso também favorece a cooperação de ajudantes e divisão de tarefas, sem que um atrapalhe o outro, além de melhorar a organização de multitarefas.

Imagina deixar a massa escorrendo, enquanto você fatia o tomate para o molho e o seu ajudante lava a louça, tudo isso na mesma cuba?! A cuba para cozinha tripla te possibilita isso. 

Cuba para Cozinha Simples 

A cuba simples é aquela tradicional, sem qualquer divisão e ideal para lavagem de louças maiores e panelas.

Você consegue colocar toda a louça suja dentro da cuba, enquanto usa a bancada livremente.

O uso de acessórios não depende de uma cuba para cozinha dupla ou tripla. A cuba simples também te oferece essa possibilidade, normalmente nos modelos de sobrepor ou flush.

Cubas para Cozinha Esculpidas 

Não foram só os lavabos e banheiros que ganharam esse elegante item nos projetos. A cuba esculpida, também chamada de escavada, está bem presente principalmente nas cozinhas integradas à sala.

Esse modelo tira aquele ar de cozinha tradicional e passa a ser um elemento decorativo com funcionalidade na área social da casa.

O objetivo desse modelo é disfarçar o escoamento da água, tornando a cozinha mais elegante. Entretanto pode ser um pouco menos prática na hora da limpeza e higienização.

No caso, a cuba é esculpida juntamente a bancada, formando uma pia com único material. Esse trabalho é feito em pedras naturais, artificiais ou porcelanatos e para a escolha deve-se analisar a resistência e a porosidade do material escolhido para saber quais cuidados serão necessários para a manutenção e uso.

A resistência deve ser considerada para que aguente o uso sem trincar, danificar as quinas ou manchar com panelas quentes. É importante avaliar a porosidade para que não sua bancada manche com alimentos que tenha contato.

Cuba e meia para cozinha 

Esse modelo é quase parecido com a cuba dupla para cozinha, porém as duas cubas são de tamanhos diferentes. Ideal para quem quer uma espaço mais organizado, mas não dispõe de uma bancada ampla.

Sem precisar ser uma cuba muito grande, você consegue setorizar e realizar duas atividades diferentes ao mesmo tempo. Lavar itens diferentes sem misturar: apoiar tábua de carne, escorrer alimentos são exemplos de atividades que você pode fazer simultaneamente e sem ocupar muito espaço.

Cuba Farm sink

Essa é a escolha daqueles que optaram por uma casa no estilo farmhouse. Com inspiração na simplicidade das casas de agricultores norte-americanos marcadas com madeiras e elementos rústicos trazem um ambiente aconchegante.

Essas características combinam bem com cozinhas e é uma grande tendência. As cozinhas no estilo farmhouse são marcadas pelas cubas de modelo farm sink.

A farmsink não entra na cozinha para ser uma simples coadjuvante, ela se torna a protagonista do ambiente. São cubas de semi encaixe e tem como característica, um avanço da parte frontal em relação a linha da bancada.

Tradicionalmente é feita de ferro fundido esmaltado e grande, mas hoje já é possível encontrar de outros materiais como inox, corian ou cimento e tamanhos. Esse modelo oferece muita praticidade para limpar.

Cubas para Cozinha com Escorredor 

Escorredor solto na bancada, molhando e tendo que ficar secando pode não combinar mais com a necessidade de quem busca modernidade para uma rotina atarefada e que adora preparar os próprios alimentos.

Entender tudo sobre cubas para cozinha, torna o ambiente mais funcional e eficiente. Considerar uma cuba onde se pode escorrer alimentos ou louças, por meio de acessórios como escorredor e cestos aramados integrados, irá manter a sua cozinha mais organizada e prática.

Cuba de ilha ou bar 

Se você optar por colocar a cuba na ilha da sua cozinha ou no bar, lembre-se que, além de estar rodeado de boas companhias enquanto lava a louça, também ganhará espectadores.

No caso de uma ilha, opte por uma cuba maior onde a louça suja possa ser colocada dentro até ser lavada, principalmente se não contar com uma máquina de lavar louças. 

Além desse motivo, uma cuba muito pequena pode ficar desproporcional com a área da ilha, então aproveite o espaço e escolha uma dimensão que fique de acordo.

Se você busca uma cuba para o bar da sua casa que serão lavadas louças pequenas como copos, taças e petisqueiras, considere uma cuba redonda. Ótima para espaços reduzidos, cabe em qualquer lugar.

Cuba com calha úmida Integrada 

Fonte: Tramontina

Esse modelo traz design e praticidade ao mesmo tempo. Diferente dos modelos em que você pode usar acessórios, esta já tem a calha úmida integrada.

Na calha úmida você pode escorrer, pratos, copos e talheres com total aproveitamento de espaço e sem ocupar as laterais da sua bancada ou molhá-la.

Cuba de canto 

Em apartamentos pequenos, temos que aproveitar todos os cantos. Literalmente! Existe cuba de canto, que é específica para bancadas que fazem formado de L e muitas vezes o canto acaba sendo desperdiçado. 

Normalmente com a instalação de sobrepor, ela pode oferecer duas cubas ou cuba e escorredor de modo a aproveitar aquele subestimado canto da sua cozinha da melhor forma possível.

Para a nossa sorte, os fabricantes se dedicam e estão cada vez mais empenhados em se adequar às necessidades dos imóveis atuais e atender às nossas necessidades.

Quais os materiais de cubas para cozinha? 

Para a escolha do material da sua cuba você deve levar em consideração a estética como também a resistência.

Antes de escolher modelos tradicionais, entenda tudo sobre cubas para cozinha e o que cada material irá agregar no seu projeto tanto no estilo, quanto em relação a custo e resistência.

Cimento queimado  

O cimento queimado conquistou o gosto dos brasileiros. Presente em muitas paredes das casas daqueles que buscavam um ar mais contemporâneo, sofisticado e muitas vezes com uma pegada mais industrial. 

O cimento queimado é interessante pois tem estilo, é moderno e você não cansa, não enjoa.

Uma ótima pedida para ilhas ou cozinhas integradas com a sala.Tem um custo mais barato se comparado à pedras e também podem ser esculpidos ou farm sink. Para este estilo que costuma ter muita madeira e elementos rústicos, casa muito bem.

Inox polido 

A cuba de inox cabe em qualquer projeto e é sempre a escolha mais segura. O antigo que funciona e ainda combina bem com vários estilos de cozinha.

Muitos não sabem que o inox tem acabamentos diferentes e você pode escolher conforme o que te agradar mais.

O inox polido tem um brilho mais leve e é indicado para aqueles que querem uma escolha mais tradicional sem aquele brilho de metal.

Inox alto brilho 

Esse é o clássico acabamento da tradicional cuba de inox que conhecemos. Possui uma aparência mais luminosa e espelhada e excelente custo benefício.

Inox acetinado 

Ficou na dúvida? O inox acetinado pode te ajudar. Se você já sabe tudo sobre cubas para cozinha e decidiu o tradicional inox, mas sem aquele acabamento clássico e não se convenceu de escolher o polido, opte pelo acetinado. Vai estar no meio termo dos dois e com certeza vai te agradar.

Inox escovado 

O inox é tão versátil nas cozinhas que também te oferece 4 acabamentos diferentes e um deles vai te conquistar. Muita gente gosta do inox escovado tanto pela beleza quanto pelas ranhuras naturais que o torna mais resistente.

Mármore 

Quem quer uma cuba de pedra tem que conhecer suas características. Pedras como mármore são bem resistentes, além de deixar a sua cozinha mais clássica e sofisticada. Mas assim como todas as pedras, o valor é elevado e acaba aumentando o seu orçamento para o projeto.

Tamanhos 

Se você quer aprender tudo sobre cubas para cozinha, não pode deixar de entender sobre tamanhos de cubas. Inclusive, é a primeira informação que você precisa ter antes de escolher a melhor cuba para cozinha.

Para a definição do tamanho, é importante considerar o espaço que você tem disponível na sua bancada ou ilha e qual será o uso da pia.

Pode parecer óbvio esse último questionamento, mas se você não costuma preparar as refeições em casa, não vai precisar de uma cuba tão grande.

Da mesma forma que se você usa mais a cuba para higienizar alimentos e lava grande parte da louças na máquina de lavar louças, uma cuba muito grande pode não ser essencial para você.

Se você precisa de uma cuba onde consiga utilizar acessórios, é ideal um espaço maior para uma opção dupla ou tripla. Mas se já não dispõe desse tamanho, a cuba e meia pode resolver o seu problema.

Como visto, tudo sobre cubas para cozinhas começa pelo tamanho que você tem disponível para a instalação.

Acessórios para a cuba 

Os acessórios para a cuba podem deixar a sua cozinha mais funcional e prática.

Se você não tiver muito espaço na bancada, a tábua de cortes pode ser aquela superfície a mais que você precisa, tanto para fatiar os alimentos, quanto para apoiar recipientes e utensílios.

A diversidade de modelos de escorredores para alimentos, louças e cestos aramados vão facilitar muito a sua vida te livrando da bagunça na hora de cozinhar e água na bancada. Tudo poderá ser lavado e escorrido diretamente na cuba, sem precisar ficar secando a bancada o tempo todo.

Como harmonizar a cuba com a bancada 

Como já vimos, diferente da pia, a cuba depende de uma bancada no qual é fixada. Esses dois elementos precisam estar em harmonia.

A bancada deve ser projetada para receber a cuba e o material de ambos devem estar alinhados em relação a resistência, estilo e acabamento.

Fonte: Liven Casa

Qual torneira escolher? 

A variedade de torneiras que temos disponíveis no mercado é gigante. E agora que você sabe tudo sobre cubas para cozinha, você tem que saber que a escolha da cuba para cozinha pode interferir na escolha da torneira.

É importante garantir que a água cai dentro da cuba sem que a torneira projete a água muito para frente, no caso de uma cuba pequena, e nem com muita pressão em uma cuba que não possui muita profundidade.

Se a torneira escolhida for instalada na bancada, em vez de na parede, observe se o espaço é suficiente e quando a cuba for de sobrepor, se a borda desta não invadirá demais o espaço destinado para a torneira.

Recomendamos a leitura do nosso texto completo sobre como escolher a torneira certa pra sua cozinha!

Qual a melhor cuba para a minha cozinha? 

A resposta é muito individual e está relacionada com vários fatores. Com esse guia completo de tudo sobre cubas para cozinha você vai conseguir facilmente escolher, considerando os seguintes pontos:

  • Qual o espaço da bancada/ilha?
  • Para qual uso será destinado (apenas higienização de alimentos ou louças também)?
  • Qual é o orçamento para a compra?
  • Com que frequência você cozinha?
  • Costuma receber muitas visitas?
  • A cozinha é integrada à sala?
  • Precisa de acessórios para cuba?
  • Qual estilo da cozinha/casa?

Ao responder esses questionamentos, você conseguirá identificar as suas necessidades e avaliar quais perguntas interferem mais na sua escolha.

A cuba esculpida por exemplo é ideal se você tem uma cozinha integrada com a sala, mas se você cozinha com muita frequência, a higienização desse modelo é difícil e se o seu orçamento é pequeno não é a melhor alternativa.

A melhor cuba para cozinha é aquela que dentro do seu orçamento, te atende bem com as necessidades e qualidade que você precisa em harmonia com o estilo da sua casa.

Como é feita a instalação?

A instalação de cuba para cozinha é bem simples. Você deve fazer com muito cuidado para que não fique vazando ou acumulando água.

Se a sua cuba é de sobrepor, aplique o silicone (ou cola vedante) em toda a parte inferior da borda da cuba de sobrepor. Encaixe-a por cima da abertura do tampo. Aguarde secar.

Se a sua cuba é de embutir, aplique a massa plástica em toda a parte superior da borda da cuba de embutir. Posicione-a por baixo da abertura do tampo.

Para garantir a fixação da cuba de embutir, apoie-a com um calço para que a cola (massa plástica) seque e a cuba não caia.

Para melhor fixação, complete a parte externa da cuba com silicone ou massa plástica. Aguarde secar. Verifique se a cuba está totalmente fixada e retire os calços utilizados.

Quer ficar pertinho da gente e ainda saber, em primeira mão, as melhores novidades sobre decoração, arquitetura e reforma, além de receber ofertas exclusivas?
Enviaremos uma surpresa que te fará brilhar os olhos!"
Se inscreva em nossa newsletter!
Assine nossa newsletter :)