Luz e textura: confira como embelezar ainda mais cada ambiente

Luz e textura: confira como embelezar ainda mais cada ambiente

Decorar ambientes da casa pode ser desafiador. São tantos estilos de decoração, opções de artigos, coisas que entram e saem de moda, que muitas vezes acabamos nos perdendo no momento de fazer a decoração. 

A nossa dica para quem pode é: contrate um profissional. Se você tiver essa possibilidade, tudo vai ser mais fácil. O especialista vai transformar em projeto suas necessidades trazidas e aquelas que você ainda nem sabia que tinha. Além disso, este profissional pode te ajudar a encontrar os melhores itens com o melhor custo benefício, e ainda vai te economizar um bom tempo e poupar dor de cabeça.

No entanto, se você não puder contratar um profissional, não se preocupe. Hoje queremos justamente te ajudar neste processo de decorar os ambientes da sua casa.

Fonte: Unsplash

Mas e como começar o processo de decoração de um ambiente?

Antes de mais nada, tenha em mente que o planejamento é essencial para uma execução de sucesso. Durante o planejamento você vai desenhar a ideia principal considerando o dinheiro disponível e até mesmo tempo. 

No momento de planejamento você também vai entender suas necessidades e seus gostos, para imprimir sua personalidade ao ambiente.

Existem alguns estilos de decoração, como o minimalista, clássico, industrial, rústico, escandinavo, romântico, etc. Cada um dos estilos de decoração possuem características marcantes e uma dica é usar sites de inspirações para buscar referências de cada estilo de decoração e entender quais mais chamam a atenção, depois disso você pode procurar textos em blogs que te listam as principais características de cada estilo de decoração.

Acredite, essa é uma dica valiosa e que vai abrir sua mente para várias ideias.

Quando você escolher que estilo vai usar para decorar os ambientes de sua casa, você precisa medir o espaço. 

Conhecer as medidas dos cômodos é primordial para que você escolha itens de decoração proporcionais. Por exemplo, você não pode comprar grandes móveis para ambientes menores, porque assim você não terá espaço para outros ou a locomoção pode ser comprometida. Da mesma maneira, peças pequenas em ambientes muito grandes podem pedir a presença de mais coisas que podem encarecer seu projeto ou podem ser esteticamente desagradáveis.

Sabendo disso, você pode começar a listar as peças que quer ali. Neste momento lembre-se da funcionalidade. Itens multifuncionais são ótimas pedidas e podem te ajudar em um dia a dia mais prático de maneira mais econômica.

Outro ponto interessante de destacar é a paleta de cores. A paleta de cores depende bastante de sua personalidade e estilo de decoração (por exemplo, o estilo escandinavo pede tons mais neutros, enquanto o romântico pede mais cor).

Dicas de como tornar os ambientes mais atraentes

Algumas dicas são interessantes e vão tornar os ambientes da sua casa mais atraentes na hora de decorar.

Primeiro queremos te falar de duas que parecem óbvias, mas já presenciamos várias pessoas deixando estes pontos de lado e se arrependendo. Então, leia com atenção e guarde no coração: 1) procure o equilíbrio e 2) selecione peças que você realmente gosta.

Bom, começando pelo equilíbrio. Isso está muito relacionado à consciência das medidas do seu espaço – se você tiver um espaço maior, use coisas maiores e vice-versa -, afinal, não é legal uma casa muito vazia nem muito cheia e poluída visualmente. Mas não só isso.

Equilibre também as cores e texturas. Não é interessante viver em um ambiente 100% branco, nem com um caos de cores que não se combinam.

Já o segundo ponto está relacionado a imprimir sua personalidade ao ambiente. Opte por peças que você realmente goste e não se veja desgostoso com algo nem enjoado do espaço.

Agora vamos falar sobre algumas outras dicas de como decorar sua casa.

Fonte: Unsplash

Aposte em texturas

Sabe as mantas, tapetes, madeira, metal? Eles podem ser toques de charme no seu espaço e devem ser escolhidos de acordo com o estilo de decoração adotado.

Acessórios

Aposte em quadros, vasos, e outros itens decorativos que sejam a sua casa.

Neste momento lembre-se de manter o equilíbrio e a harmonia do ambiente para não sobrecarregá-lo.

Fonte: Unsplash

Pisos e Rodapés

Os pisos e rodapés fazem toda a diferença na hora de decorar sua casa. Além de decorativos, eles podem passar sensações a quem está no espaço, e impressões sobre o ambiente em si (alongando e iluminando, por exemplo).

Como este é um assunto mais extenso e que merece todo o carinho e atenção, recomendamos a leitura completa do nosso texto sobre tipos de pisos para a decoração da sua casa.

Depois de ler este artigo, com certeza você vai entender a importância e vai ser capaz de escolher o piso perfeito para sua casa.

Fonte: Unsplash

E como fazer a decoração ideal para cada ambiente?

Na hora de decorar sua casa, você vai perceber que os ambientes precisam de diferentes itens e, consequentemente, vão receber diferentes decorações.

As regras são as mesmas, busque o equilíbrio, use acessórios, dê importância à funcionalidade e escolha um estilo de decoração para seguir. No entanto, dois pontos podem ser melhor explicados por ambiente: as cores e a iluminação.

Fonte: Unsplash

Qual a melhor cor para cada ambiente?

Um fato conhecido é que cada cor é capaz de transmitir sensações para quem vê. Ou seja, a escolha das cores não deve ser feita levando em consideração apenas a beleza. Mas qual a melhor cor para cada ambiente?

Começando pelo quarto. Sabemos que este é um espaço de descanso, então as melhores cores são aquelas que passam relaxamento, como o azul e o verde. Em quartos infantis, tons de amarelo, rosa e roxo em tons mais suaves também são boas opções.

As salas também podem ser ambientes vistos como de descanso, mas também de interação. Neste caso, as cores de azul e verde também são excelentes opções, inclusive em tonalidades mais vivas. 

Outra excelente opção é o cinza, se você gostar de mais sobriedade. Neste caso, você pode usar outros elementos decorativos coloridos. Explore mantas, tapetes e almofadas em tons de vermelho, azul, amarelo e verde e consiga excelentes resultados.

As cozinhas podem seguir a mesma lógica da sala, principalmente quando elas também são usadas como ambientes de interação.

Os banheiros são bem livres e dependem bastante do estilo e personalidade dos moradores, já que não são espaços em que as pessoas passam muito tempo. Há quem opte por banheiros brancos, completamente pretos ou coloridos.

No entanto, tenha em mente que cores claras passam a sensação de amplitude e limpeza. Neste caso, você pode apostar em louças e metais coloridos e conseguir uma infinidade de opções de decoração.

E qual a iluminação adequada para cada tipo de ambiente?

Na hora de decorar seu ambiente, tenha em mente que temos diversos tipos de técnicas e de luminárias que podem agregar no seu espaço.

Aqui no nosso blog, inclusive, temos uma categoria somente sobre dicas de iluminação e recomendamos fortemente que você dê uma olhada.

Mas vamos falar aqui sobre algumas dicas de iluminação para você usar na hora de decorar os ambientes de sua casa.

Começando pelo quarto, nossa fica é o uso de iluminação indireta, que é aquela em que a luz é direcionada para uma superfície e é refletida. Dessa maneira você consegue iluminar seu quarto de maneira suave, uniforme e mais agradável aos olhos.

Outra dica é a utilização de lâmpadas amarelas, que vão proporcionar mais aconchego. As lâmpadas dimerizáveis também são excelentes escolhas e vão te possibilitar o ajuste da intensidade das lâmpadas.

Nos quartos também é bem comum o uso de pendentes e abajures, principalmente quando existe o hábito de leitura dos moradores.

Agora falando sobre a sala, ela também pede uma iluminação mais amarelada para trazer um clima mais aconchegante. Aqui, mais do que nos quartos, é quase mandatória a utilização de lâmpadas dimerizáveis.

Combine iluminação direta e indireta e explore itens de iluminação decorativa, como os rasgos de luz, as arandelas, os spots de luz e os pendentes.

Na cozinha a iluminação exige ainda mais atenção, já que vai evitar estresses na hora de cozinhar, inclusive acidentes.

A luz ideal para ambientes de trabalho, como a cozinha, é fria, ou seja, com mais de 5000K – diferentemente dos preferencialmente quentes da sala e quarto -. No entanto, se sua cozinha for integrada a sua sala, opte por uma luz neutra e evite que as iluminações fiquem destoando muito.

Na cozinha, as fitas de led ficam incríveis e os spots de iluminação também. Use a criatividade!

O banheiro também merece atenção na hora de iluminar. E lá o cuidado deve ser especial já que lá é o ambiente em que fazemos a maquiagem, a barba e nos arrumamos, correto? Além de, claro, ser um ambiente de relaxamento.

Além da iluminação central, você pode (e deve) usar outras opções complementares e decorativas para conseguir um resultado bem especial e imprimir personalidade. Uma dica é o uso de pendentes, arandelas e fitas de led.

No banheiro também é importante o uso de uma lâmpada frontal com um maior índice de reprodução de cor (IRC).

A iluminação frontal vai suavizar as sombras e fará com que você consiga notar falhas com maior facilidade (na roupa, maquiagem ou barba, por exemplo). Já o IRC fará com que você evite aquele probleminha de se maquiar toda e sair na rua com um tom totalmente diferente do seu.

Fonte: Unsplash

Conclusão

Agora você já sabe os pontos que deve considerar no momento de decorar os ambientes da sua casa. No nosso blog, temos vários posts sobre as tendências de decoração que podem te ajudar nesse momento.

E já sabe, né? Se precisar conte com a Liven Casa que ficaremos felizes em ajudar!

Quer ficar pertinho da gente e ainda saber, em primeira mão, as melhores novidades sobre decoração, arquitetura e reforma, além de receber ofertas exclusivas?
Enviaremos uma surpresa que te fará brilhar os olhos!"
Se inscreva em nossa newsletter!
Assine nossa newsletter :)