Skip to main content

A torneira com filtro para a cozinha é um item cada vez mais buscado por quem está construindo ou reformando, afinal, esta é uma das maneiras mais práticas e sustentáveis de ter água livre de impurezas e prontinha para consumo na nossa casa.

Isso porque ter uma torneira com filtro na cozinha nos ajuda a cuidar do meio ambiente e poupar dinheiro ao reduzir a compra de garrafas de água de plástico. Além disso, evita todo o trabalho de ter que fazer a substituição dos garrafões de água ou reposição de garrafdas de água periodicamente.

E por que não devemos beber água da torneira?

Apesar de tomar água da torneira ser algo comum, principalmente na Europa, precisamos ter atenção. A água sai sim tratada da estação, porém, no percurso, ela passa por encanamentos e reservatórios que podem estar sujos, danificados ou enferrujados.

Dessa maneira, quando a água chega na nossa casa, ao beber podemos estar expostos a contaminações. Por exemplo: é muito comum encontrar nos sistemas hidráulicos vírus e bactérias capazes de provocar graves doenças a pessoas e animais; os metais pesados são outros componentes que podem estar presentes na água não filtrada e causar doenças graves, como câncer, danos no sistema nervoso central e prejuízos ao fígado; além disso, o próprio cloro e flúor podem ser prejudiciais à saúde quando consumidos em grandes quantidades.

Qual torneira com filtro para cozinha mais saudável?

Tanto as torneiras com filtro para cozinha quanto os purificadores de água são excelentes opções para melhorar a qualidade da água do consumo. Além de retirar pequenas partículas, fazer o controle microbiológico, reduzir o cloro, elas também permitem que a água não fique com gosto ou cheiro.

Mas aí você chega na loja e vê que são várias as opções e se perde. Existem algumas opções disponíveis no mercado, cada uma apresenta suas vantagens e características específicas e aqui vamos falar mais sobre elas.

Filtro de Barro para cozinha

O filtro de barro é um modelo simples que funciona fazendo a filtragem através de uma vela central. Elas funcionam por gravidade, não recebendo nenhuma pressão para acelerar o processo, por isso funcionam mais lentamente.

Esta opção costuma ser bem mais barata, mas alguns pontos devem ser levados em consideração.

As velas precisam ser limpas periodicamente e trocadas quando ficarem amareladas. Além disso, depois de um tempo, o filtro pode necessitar de substituição, já que é comum que eles deixem um gosto desagradável na água com o passar do tempo.

Filtro de Carvão Ativado

O carvão ativado é proveniente da queima de cascas de coco ou alguns tipos de madeira com baixo oxigênio e altas temperaturas. A queima resulta em um elemento bastante poroso e granulado.

A porosidade característica torna o carvão ativado um excelente material para a filtragem da água, removendo as impurezas através da adsorção ou da redução catalítica.

Na adsorção, o carvão ativado segura em seus poros as partículas que causam cor, odor ou sabor na água e lá permanecem por retenção física. Na redução catalítica, a ligação entre o carvão ativado e os contaminantes é química.

A troca do refil é bem fácil e dispensa a necessidade de uma pessoa especializada e existem duas formas de usar o carvão ativado na filtragem: o uso do carvão ativado em seu formato natural (granular) ou em formato compactado, que também é conhecido como Carbon Block.

Carbon Block ou Carvão Block

No mercado, você também vai encontrar filtros com a tecnologia Carbon Block. Tenha em mente que este é um tipo de elemento filtrante no qual o carvão ativado é compactado, possuindo algumas características que se assemelham ao carvão ativado no seu formato natural, mas com algumas diferenças.

Falando sobre o carvão ativado disposto em formato natural, ou granular, é preciso ter em mente que a água passa mais rapidamente e seguindo um caminho padrão. Isso faz com que os poros que recebem o maior fluxo de água se saturem mais rapidamente e a filtragem perca sua eficiência.

Já o Carbon Block, por ser compactado, faz com que a água passe uniformemente pelos poros garantindo a eficiência da filtragem e elevando o tempo de vida do elemento filtrante. Além disso, por estar compactado, o Carbon Block aumenta a eficiência na retenção de partículas sólidas por retenção física.

Filtragem em 3 etapas

Também é possível encontrar no mercado filtros em 3 etapas ou em 3 estágios. Estes modelos de filtro possuem: na primeira etapa uma camada pré-filtrante para a retenção de limo, barro e ferrugem; em seguida, a água passa pelo carvão ativado que eliminará o excesso de cloro, fará o controle do nível microbiológico e removerá o sabor e odor indesejado da água; por fim, a água passa por uma camada filtrante para a retenção de partículas.

Filtro com Ozônio

As torneiras e misturadores deste tipo captam oxigênio do ambiente e o transformam em ozônio, que é um esterilizante natural, e o inserem na água com a finalidade de purificá-la.

O ozônio é um gás que ao ser misturado à água tem o poder de eliminar 99% das bactérias e remover 75% dos agrotóxicos dos alimentos em apenas 30 segundos, além de eliminar odores indesejáveis.

As torneiras com ozônio costumam possuir um custo de aquisição bem elevado, mas mostram-se muito eficientes.

Onde comprar torneira com filtro para cozinha?

Agora que você já sabe quais os diferentes tipos de filtros para cozinha, encontre aquele que mais se encaixa com o que você busca e é financeiramente acessível.

Recomendamos fortemente o uso de torneiras com filtro para cozinha, já que estas opções costumam ocupar menos espaço e ser mais práticas.

Acesse o site da Liven Casa e veja as várias opções de torneiras para cozinha com filtro disponíveis para você.

E aí, este post te ajudou? Conta aqui pra gente nos comentários 💛