Cuba para cozinha: como escolher a cuba ideal?

Cuba para cozinha: como escolher a cuba ideal?

Hoje o assunto é muito interessante: vamos te ensinar como escolher uma cuba para cozinha!

A cozinha sempre foi o cômodo queridinho de muitos, afinal, é nela que fazemos desde atividades básicas do dia a dia até reuniões e confraternizações entre amigos e família.

Pensando nisso, ao projetar esse ambiente temos que ter todo o cuidado para que ele se torne bonito, confortável e funcional.

Por esse motivo, os escolha os itens da sua cozinha cuidadosamente para prolongar a vida útil do ambiente, assim você não precisará substituir os produtos com frequência.

E um dos produtos que devemos ter toda a atenção na hora de escolher é a cuba para cozinha, que deve ser bonita, resistente e durável.

Hoje, no mercado, encontramos as cubas para cozinha nas mais diversas cores, texturas e modelos, o que possibilita composições únicas, mas também tornam as escolhas mais difíceis.

Por isso, para te ajudar na escolha da cuba para cozinha ideal, selecionamos neste post os principais pontos para se atentar na hora de comprar a sua.

Boa leitura!

CUBA PARA COZINHA: O QUE É?

Para começar, temos que fazer uma pergunta básica: qual a diferença entre pia e cuba?

Bom, a pia é uma peça inteira, já a cuba é a peça instalada juntamente com uma bancada, ou seja, a estrutura final é separada.

Em síntese: cuba de cozinha é o elemento que se encaixa à bancada formando uma única estrutura onde se pode higienizar as mãos, alimentos e louças.

A cuba para cozinha é uma peça muito mais moderna e prática que a pia, e hoje temos diversos modelos que se adaptam a diferentes layouts e tamanhos.

Mas afinal, quais os modelos de cubas de cozinha disponíveis?

CUBA PARA COZINHA: QUAIS OS MODELOS MAIS USADOS?

Antes de escolher sua cuba para cozinha, primeiro você deve entender quais os principais tipos disponíveis no mercado para que, assim, consiga comprar aquela que for ideal para seu espaço. Nos próximos tópicos vamos falar mais especificamente sobre os modelos de cubas de acordo com a profundidade, depois falaremos sobre os tipos de instalação.

Cuba Simples

As cubas simples são as mais populares e tradicionais.

Elas são aquelas que possuem apenas um compartimento e são ideais para cozinhas pequenas, sendo indicadas para pessoas que moram sozinhas ou para casas.

Apesar de simples, elas possuem muitas variações, podendo ser redondas ou quadradas, maiores ou menores, rasas ou fundas. Inclusive, as cubas fundas são ideais para quem possui pouco espaço horizontal e quer esconder as louças ou acumular para lavar todas de uma vez e evitar respingos.

Cuba Gourmet

A cuba gourmet possui apenas uma profundidade também, no entanto, possui maior capacidade interna. Ela acaba sendo mais imponente e moderna. Seu espaço possibilita a utilização de uma diversidade de acessórios.

A cuba com acessórios é uma mão na roda e vai levar sua cozinha para outro nível e, se você escolher uma dessas, como certeza não vai se arrepender!

Cuba Dupla

A cuba dupla é uma boa escolha para famílias maiores, uma vez que possui duas profundidades.

Essas cubas permitem realizar duas atividades ao mesmo tempo, como lavar e higienizar alimentos, caso haja duas torneiras ou uma torneira de bica móvel – uma dica super interessante também é a adoção de torneiras gourmet, que possuem bica móvel e mangueira articulável, aumentando bastante o conforto na hora de realizar as atividades.

Há várias versões de cubas duplas no mercado e escolhendo o tamanho certo é possível encaixá-las em uma cozinha pequena também.

Cuba Tripla

A cuba tripla é uma indicação para famílias grandes e, seguindo o raciocínio das duplas, ela possui três profundidades e é ideal para quem possui um maior espaço na bancada. Ela oferece uma maior praticidade e agilizar para lavar alimentos e louças e geralmente possuem uma cuba central de tamanho menor que acompanham um acessório que serve como escorredor.

CUBA PARA COZINHA: QUAIS OS TIPOS DE INSTALAÇÃO?

Agora que você já sabe qual cuba escolher para sua cozinha quanto a profundidade, vamos falar sobre os tipos de acordo com a instalação.

Cuba Embutida

A cuba embutida é aquela que fica colada por baixo da bancada.

Uma vantagem deste tipo de cuba na cozinha é que ela não possui interrupções ou relevos, o que facilita na hora de retirar a água da bancada e reduz o acúmulo de alimentos e bactérias na união entre a cuba e a bancada.

Esse é o tipo mais econômico e visto nas cozinhas, no entanto ele possui uma manutenção mais delicada.

Imagem: Tramontina

Cuba de Sobrepor

Já as cubas de sobrepor são aquelas em que a instalação é feita por cima da bancada.

Sendo o oposto da anterior, a cuba de sobrepor possui uma borda sobressalente na parte de cima da bancada e isso faz com que a água não escoa com tanta facilidade e dificulta a limpeza.

Imagem: Tramontina

Cuba Esculpida

As cubas esculpidas são aquelas feitas em mármore, granito, nanoglass, silestone, porcelanato, Corian, etc, e podem ser feitas do jeitinho que você quiser.

A vantagem é a mesma: a facilidade para a retirada de água das bordas da bancada, não havendo nenhuma barreira física.

Além disso, ela é uma opção bonita, diferente e super elegante. E mais, o fato de você poder desenhá-la como quiser faz com que ela se adapte perfeitamente a sua cozinha.

O mais importante é que o profissional especifique o detalhamento da cuba para definir como será o seu projeto detalhadamente.

Sua desvantagem é que esse tipo de cuba costuma ser mais caro que os outros. 

Cuba Farm Sink, Farmhouse Sink ou Cuba Avental

A tradução de Farm Sink seria “pia de fazenda” e estas podem ser associadas às “cubas de semi encaixe” do banheiro.

As cubas Farm Sink são apoiadas apenas pela sua parte traseira, enquanto a parte frontal se sobressai à bancada. Dão um ar mais sofisticado ao ambiente e são ótimas para cozinhas com pouco espaço para o móvel da pia, pois vai encaixar uma parte no móvel e vai ficar uma parte para fora, possibilitando maior aproveitamento do espaço.

CUBA PARA COZINHA: MATERIAIS, CORES E TEXTURAS

Bom, da mesma forma que surgiram vários modelos, as cores e textura também se multiplicaram nos últimos anos e, hoje, é possível encontrar a cor que você imaginar, além da possibilidade de fabricação personalizada.

Material: o que considerar na hora de escolher o ideal para a cuba da cozinha?

Quando o assunto é material, os mais vistos e utilizados, são:

  • Aço inox: este material possui baixa porosidade e alta resistência a corrosão, variações de temperatura e impactos moderados. Ele é protagonista  em cozinha de hospitais e restaurantes por ser mais higiênico, e a cada dia está conquistando as cozinhas residenciais, principalmente quando o assunto é cozinha gourmet.
  • Granito: o granito é mais utilizado em bancadas, mas também está sendo super aplicado nas cubas por ser um material resistente e duro. Não sendo tão poroso, não absorve muita água e é mais rígido e duradouro. O seu valor comercial é bem acessível e é possível encontrá-lo em diversas cores.
  • Mármore: as peças de mármores também são muito utilizados em bancadas, e aparentemente são mais elegantes, finos e nobres se comparados com os granitos. O seu valor comercial é mais caro principalmente se for uma pedra importada. Porém, a rigidez do mármore é menor que a do granito. Portanto, é um material mais poroso que absorve mais água e está mais sujeito às manchas, e isso é uma informação importante.
  • Cimento queimado: é uma opção diferente, ficando interessante em cubas do tipo farm sink.

Cores e Texturas: qual escolher para sua cuba de cozinha?

Mas no mercado as cores mais comuns encontradas para cubas para cozinha são:

  • cinza;
  • branco;
  • bege;
  • preto;
  • marrom;
  • dourado.

Não podíamos falar de cores e materiais, sem falar das texturas que também ganharam novas opções ao longo do tempo. Aqui destacamos as texturas disponíveis em aço inox, que é o material mais utilizado em cubas para cozinha. É possível encontrar entre os modelos disponíveis, as texturas:

  • polido: brilho natural;
  • alto brilho: brilho espelhado;
  • acetinado: com pigmentos de brilho perolado;
  • escovado: textura com linhas direcionadas no mesmo sentido.

Um ponto super relevante é que a cuba da cozinha é um espaço bastante suscetível ao desgaste natural e arranhões por conta da sua utilização. Por isso, recomenda-se a utilização de aços mais foscos, como os acetinados e escovados, para que se preserve a beleza da cuba por muito mais tempo.

CUBA PARA COZINHA: PRINCIPAIS FORMATOS

No geral, as cubas das cozinhas podem seguir diferentes formatos, como:

  • retangular;
  • quadrada;
  • oval;
  • redonda; e
  • nas esculpidas, o formato pode variar seguindo projeto.

No entanto, é importante destacar que os formatos mais utilizados na cozinha são os retangulares e quadrados, uma vez que eles proporcionam maior aproveitamento de espaço para comportar as louças.

CUBA PARA COZINHA: QUAL O TAMANHO?

A escolha do tamanho da cuba da sua cozinha sempre deve ser balizada pela disponibilidade de espaço, e aqui damos algumas dicas.

Em bancadas menores, como em apartamentos pequenos, quitinetes, o ideal é utilizar pias e/ou cubas menores e a dica é optar por cubas que tenham profundidade maior.

Fonte: Casa de Valentina l Projeto: Make Arquitetura e Construção l Foto: MCA Estudio

Agora se você tem espaço, a família é grande ou recebe muitos amigos com frequência, dê preferência para cubas/pias maiores e se possível duplas, assim você terá mais espaço útil para organizar as louças, manusear alimentos, etc.

Outro ponto a se considerar é o armário que estará localizado logo abaixo da cuba. Então anote: é importante que a cuba não seja mais larga que o módulo de armário debaixo dela, para que a divisória não precise ser cortada e as laterais invadidas.

CUBA PARA COZINHA: COMO HARMONIZAR COM A DECORAÇÃO?

Agora que conhecemos os tipos e aplicações, pode surgir uma pergunta: como eu vou harmonizar a cuba com a minha cozinha de maneira que ela fique bonita e funcional?

Bom, claro que o formato e a cor da sua cuba deve estar em sintonia com os demais itens da sua cozinha.

As cubas redondas são mais delicadas e leves, mas não são muito utilizadas na cozinha. Elas são boas opções para áreas de churrasqueira, motorhome ou áreas com menos fluxo de louças.

Fonte: Casa de Valentina l Projeto: Macro Arquitetos l Foto: Renato Navarro

Já as quadradas e retangulares são mais imponentes e tendem a ocupar mais espaço do que as curvas.

Cores mais claras são clássicas e mais escuras dão um toque mais forte.

Além disso, na hora da escolha da cuba, mantenha a proporção entre o tamanho da cuba e o ambiente para ter uma melhor circulação e não sobrecarregar a cozinha. Então não utilize uma cuba grande, que ocupa muito espaço, se o espaço for pequeno.

Sendo assim, veja qual formato e tipo de cuba mais combina com você e o seu ambiente para fazer a escolha perfeita!

CUBA PARA COZINHA: ATENÇÃO NA INSTALAÇÃO

Cuba escolhida, vamos para a instalação da peça!

A cuba da sua cozinha deve ser instalada na altura ideal para que seja confortável na hora de manusear os alimentos e lavar as louças. A altura média padrão varia entre 85 cm e 95 cm do piso.

Uma cuba muito alta ou muito baixa pode acabar causando problemas de saúde, principalmente na coluna, ou dores frequentes.

Se a torneira for de mesa (instalada atrás da cuba), considere pelo menos 10 centímetros de distância entre a cuba e a parede. Se a torneira for de parede, a cuba pode ser posicionada mais próxima da parede, no mínimo a 5 centímetros.

CUBA PARA COZINHA: DICAS E CUIDADOS

Depois de instalada, a manutenção é importante para uma maior vida útil da peça. Por isso, é importante ter atenção especial aos materiais e produtos utilizados na limpeza.

Evite materiais abrasivos, pois estes podem danificar a peça. Uma sugestão é lavar a cuba com o lado macio da esponja e utilizar sabão ou detergente neutro para limpá-las.

CONCLUSÃO

Agora você já sabe todos os pontos necessários para escolher a cuba da sua cozinha.

Analise cada critério que listamos aqui de acordo com sua situação.

Caso sinta dúvidas, peça auxílio ao profissional que está na sua obra ou entre em contato com nosso time de atendimento que é especialista em produtos.

Se você gostou desse conteúdo, deixe um coração nos comentários ou uma sugestão de tema, que vai ser um prazer escrever!

Aqui estão algumas sugestões de textos que você pode gostar também:

Torneira gourmet: como escolher?

Trituradores de pia: o que são e para que servem

Qual o melhor triturador de pia para sua casa?

Eletrodomésticos para cozinha: Saiba quais não podem faltar

Torneira quente e fria: 5 motivos para você nunca mais abrir mão de ter em casa

Cozinha pequena: soluções incríveis

Quer ficar pertinho da gente e ainda saber, em primeira mão, as melhores novidades sobre decoração, arquitetura e reforma, além de receber ofertas exclusivas?
Enviaremos uma surpresa que te fará brilhar os olhos!"
Se inscreva em nossa newsletter!
Assine nossa newsletter :)